Venha pedalar em Belo Horizonte

A Savassi e também Belo Horizonte estão cada vez mais a fim das magrelas. A cidade que viu ressurgir o Carnaval de rua já começa a perceber o renascimento das bikes no espaço urbano, e, assim como os festejos carnavalescos, a bicicleta é impulsionada sobretudo pela iniciativa da população que se organiza voluntariamente em diversos grupos.

Na Savassi, há grupos de pedalada em praticamente todos os dias da semana. Além disso, o movimento Massa Crítica, que reúne ciclistas e usuários de outros meios de locomoção não motorizados (como patins e skate) também passa pelo bairro da Savassi todo mês. Soma-se a essas iniciativas o Bike Anjo, que voluntariamente reúne ciclistas experientes para ensinar novatos a pedalar com mais segurança pelas ruas.

Na semana em que foi comemorado o Dia do Ciclista (15 de abril), a reportagem separou uma lista de grupos de pedalada da região, adianta qual será o próximo encontro da Massa Crítica e te explica como encontrar um anjo para te ajudar nos primeiros passos com a magrela.

Massa Crítica sai pela cidade no próximo dia 26


Na sexta-feira, 26 de abril, acontece o encontro mensal da Massa Crítica, movimento que acontece em diversas cidades do mundo e reúne usuários de veículos sem motor. Como explica o personal trainer Gabriel Castro, que participa do movimento, a Massa Crítica tem organização horizontal, não possuindo líderes ou porta-vozes oficiais. Os trajetos são decididos pelos próprios participantes no local dos encontros, mas costumam passar pela Praça da Savassi, avenidas Afonso Pena, Brasil e Amazonas.

Segundo Gabriel, os últimos encontros reuniram mais de 100 pessoas, dentre ciclistas e usuários de patins. Para esta edição, a expectativa é de que compareçam cerca de 150 pessoas e o grupo espera contar com a participação de skatistas. ”Em outras cidades do mundo onde o movimento é mais antigo e participam mais pessoas, como São Francisco ou Nova Iorque, tem gente que participa patins, à pe. Pode ir até de cavalo – só não pode veículo com motor”, comenta.

Os encontros da Massa Crítica acontecem sempre na última sexta-feira do mês, com concentração a partir das 19h na Praça da Estação. A saída acontece às 20h. A primeira edição da Massa Crítica ocorreu em São Francisco em 1992. Hoje, mais de 300 cidades ao redor do mundo recebem o evento.

Mais informações

Grupos de ciclistas na Savassi

Zoobiker – segundas-feiras

O grupo é o mais novo da cidade, formado em janeiro deste ano. O Zoobiker se reúne toda segunda-feira na Praça da Savassi, ao lado do McDonald’s, por volta das 20h. O percurso é escolhido por um membro do grupo a cada semana, mas costuma ser de 20 km e ter duas horas de duração. Não é necessário realizar inscrição e a participação é gratuita. O grupo conta com membros da Bike Anjo BH para orientar ciclistas iniciantes. É recomendado utilizar capacete e iluminação na bicicleta.

RUTS/MTB – terças-feiras

A sigla significa Rolé Urbano das Terças. Como o nome já diz, a pedalada, organizada pelo grupo Mountain Bike BH (MTB), acontece às terças-feiras, com concentração a partir das 19h30. O grupo costuma sair de alguma praça da cidade, como a Praça da Liberdade. Os roteiros variam, mas costumam durar duas horas e ter cerca de 20 km. A participação é gratuita e não é necessária inscrição – o grupo apenas recomenda uso de capacete, luvas, roupas claras, pisca traseiro, farol ou pisca dianteiro e adesivos refletivos no quadro da bicicleta na cidade de Belo Horizonte.

Mais informações

Le Vélo – quartas-feiras



Formado em 2004, o grupo se reúne às quartas-feiras na rua da Bahia com Fernandes Tourinho a partir das 19h30. É obrigatório o uso da camisa do grupo, que é paga e vale por três meses. O grupo também só aceita ciclistas com capacete, pisca-pisca traseiro e/ou outras formas de iluminação na bike. O Le Vélo sai acompanhado de um carro de segurança.

Mais informações

*PUNQs – quintas-feiras

(grupo está sem atividades momentaneamente)

O PUNQs (Passeio Urbano Noturno das Quintas), como o nome já diz, sai toda quinta-feira, às 20h, em frente à loja Ciclogiro, na rua Major Lopes, 14. O grupo está momentaneamente sem atividades, mas deve retomar as atividades em breve.

Mais informações no (31) 3281-6833

Pedal da madrugada – sextas-feiras

O grupo se reúne a cada quinze dias, sempre às sextas-feiras, a partir das 22h30. Geralmente, o Pedal costuma sair da Praça da Liberdade, mas o ponto de encontro pode sofrer alteração. O destaque do grupo é reunir  ciclistas com interessados em fotografia – além de pedalar, a proposta é aproveitar a noite para realizar fotos de Belo Horizonte.

Mais informações

Conheça mais grupos de ciclistas de BH

Além dos grupos de pedalada que costumam se reunir na Savassi, outros grupos circulam pela cidade.

MTB Barreiro – sai às terças e quintas às 20h do viaduto ao lado do Via Shopping Barreiro. Também combinam trilhas de fim de semana através do fórum de discussão;

Guime Night – toda quarta, às 20h, na rua Barbosa de Resende, 128, no Grajaú. Percursos pelas zonas Oeste e Sul.

Minas Riders – sai toda quinta, às 20h, do Minas Shopping, em frente ao posto da PM. Também promove trilhas de fim de semana e cicloviagens;

PUM! Pedal Urbano Magrelas – toda quinta, às 20h30, na Igreja da Pampulha.

Grupo da Bike – toda quinta-feira, às 6h30, em frente ao Hospital São Camilo. Também realizam trilhas aos fins de semana.

Passeio JSBike – toda quinta-feira, às 19h30, na avenida Bernado Vasconcelos, 1229. Os trajetos são amigáveis para iniciantes.

Passeio Território Aventura – toda quinta-feira, com concentração às 20h,  no posto BR  no Caiçara, na avenida Catalão, próximo à Newton Paiva. Trajetos de até 30km, amigável para iniciantes.

Pedal de Salto Alto – voltado para mulheres, sai nos sábados à tarde. Os locais de encontro variam;

TremBão BH – promove trilhas de fim de semana, com encontro no Habibs Cidade Nova ou no Posto ALE na curva do Ponteio.

BH Bikers: Grupo que promove trilhas de fim de semana, ligado à loja Ciclogiro.

Fonte: Na Savassi

Venha pedalar em Belo Horizonte
4.8 (96%) 80 votos




1 resposta

  1. Guilherme Lara C. Tampieri 29 de abril de 2013

Deixe seu comentário